Metodologia

Com presença diária no Colégio, tem as seguintes atribuições:

Nossa concepção de educação resume-se na finalidade é formar cidadãos capazes de analisar a realidade e intervir nela quando achar necessária a sua modificação, visando ao bem-estar do homem, em nível pessoal e coletivo. Para isso, nossa metodologia de trabalho encontra base no desenvolvimento da criatividade, do espírito crítico, da capacidade para análise e síntese, do auto-conhecimento, da sociabilização, da autonomia e da responsabilidade. Dessa forma, acreditamos, é possível a formação de um homem com aptidões e atitudes para colocar-se a serviço do bem comum, possuir espírito solidário, sentir o gosto pelo saber, dispor-se a conhecer-se, a desenvolver a capacidade afetiva e possuir visão inovadora.

Nesse sentido, entendemos a escola como instituição social que deve possibilitar o crescimento humano nas relações interpessoais, bem como oportunizar a apropriação do conhecimento elaborado, tendo como referência a realidade do aluno.

Nesse contexto, deve permitir ao aluno a aquisição de uma consciência crítica que lhe amplie a visão de mundo. Essa visão de mundo deverá dar-lhe condições de uma leitura interpretativa das relações sociais, das relações dos homens entre si e com a natureza.

Tendo em vista os fundamentos Didático-Pedagógicos do Colégio São Luiz de Gonzaga, temos os seguintes princípios pedagógicos, embasadores das ações educativas:

  • A capacidade de análise e síntese e o espírito crítico propiciam ao cidadão a criação de alternativas para solução de problemas.
  • Inovações à teoria e à tecnologia educacional propiciam a participação cada vez mais consciente e criativa no processo de ensino-aprendizagem.
  • A socialização do aluno se processa através de atividades em grupo.
  • Saber reflexivo, construído mediante a permanente busca e problematização, produz conhecimento cada vez mais significativo.
  • A participação ativa e sistemática do aluno em pesquisa resulta na construção e reconstrução do conhecimento.
  • A projetividade deve opor-se ao imediatismo e ao conformismo.
  • As atividades interdisciplinares reorganizam os conteúdos, superando a fragmentação do conhecimento.
  • A educação é responsável pelas mudanças necessárias e constantes da realidade.
  • O diálogo, constante e reflexivo, é a tônica maior, através do qual se consolida a prática educativa.