Sobre

O nível de ensino em questão!

O conjunto de materiais para esta fase de educação escolar apresenta uma grande articulação entre as atividades projetadas e os objetivos didáticos, para que as unidades de trabalho possam promover aprendizagens e subsidiar o desenvolvimento dos alunos.

No Livro Integrado, os protagonistas do trabalho de ensino-aprendizagem são envolvidos em situações nas quais articulam fatos, conorganização das ações educativas permite à escola desenvolver um trabalho ativo e transformar-se num lugar onde os alunos fazem descobertas e aprendem a pensar com o que já aprenderam.

A intencionalidade dos processos de ensino presentes no material didático aponta para o desenvolvimento da inteligência, para a autonomia dos alunos resolverem problemas, para a maturidade social, que permite se relacionarem mais plenamente com os outros.

Ainda, pensando no compromisso científico e de formação humana da escola, as seqüências didáticas elaboradas permitem que os alunos aprendam a explicar racionalmente os fenômenos naturais e sociais e a agir sobre eles.

Um outro foco do olhar educativo dos materiais desta fase de ensino se direciona para a necessidade de os alunos acentuarem a comunicação e a expressão de forma coerente e sensível diante do mundo. Por isso, exploramos o diálogo com todas as formas de arte. Portanto, o SPE, em parceria com a sua escola, quer educar pessoas capazes de construir sua própria visão de mundo, articuladoras de um projeto de vida autônomo que se relaciona positivamente com os outros.

A importância atribuída aos conhecimentos concretos nas atividades escolares relacionase a uma justificativa que não os vê como um fim em si mesmos, mas, sim, como um instrumento que permite aos alunos desenvolverem suas capacidades humanas à medida que dão significado ao conteúdo escolar.

De um modo geral, podemos dizer que a Segunda Fase do Ensino Fundamental privilegia os aspectos tratados na fase anterior, aprofundando-os por meio do desenvolvimento de relações entre conhecimentos, os quais surgem pela necessidade de dar respostas a situações significativas de ensino.

Em resumo, podemos dizer que os componentes dinamizadores do MDP possibilitam que a sua escola possa desenvolver uma aprendizagem que se conecta com as experiências e os saberes dos alunos, que estimula o pensamento e que amplia as concepções sobre o mundo que os cerca. Para isso, exploram a cultura como referência, os saberes das diversas áreas e os contextos que dão sentido para as relações.